Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Portal do Governo Brasileiro
Vai para o início
início
administração
professores
curso de tecnologia
curso de engenharia
pós-graduação
publicações do Daelt
área dos alunos
área dos professores
nossos laboratórios
contato
histórico colegiado tcc estágio atividades ingresso
 

A habilitação em Engenharia Industrial Elétrica é um curso superior de graduação plena, oferecido pela UTFPR-PR no turno vespertino-noturno, em dez períodos semestrais.

O Curso de Engenharia, Habilitação em Engenharia Industrial Elétrica, ênfase em Eletrotécnica, foi implantado no ano de 1979 com 80 vagas anuais, conforme autorização expressa pelo CFE no Parecer nº 5265/78 CESu, 1º Grupo, aprovado em 01-09-78 e homologado pelo MEC conforme Processo MEC nº 239.718/78 publicado no DOU em 09-11-78. Teve parecer favorável ao reconhecimento pelo CFE conforme Parecer nº 475/82, CESu 1º Grupo aprovado em 03-09-82 e reconhecido pela Portaria MEC nº 424 de 11-10-82.

Posteriormente houve solicitação de retificação de denominação do Curso, aceita pelo CFE pelo Parecer nº 54/83 CESu 1º Grupo, aprovado em 04-02-83 e homologação da retificação solicitada pela Portaria MEC nº 124/83 de 29-03-83.

A carga horária totaliza 4.400 horas-aula, das quais 1.395 são aulas práticas ou de laboratório, com 360 horas reservadas ao estágio supervisionado realizado junto às empresas da região.

O currículo do curso está de acordo com as Resoluções 48/76 CFE de 27/04/76 e 4/77 CFE de 09/03/77, para o Curso de Engenharia, Habilitação em Engenharia Industrial Elétrica, reconhecido pelo Parecer 475/82 - CFE de 03/09/82 e homologado pela Portaria 424 MEC de 11/10/82 e com reformulação aceita pelo Parecer 70/86 do CFE de 27/01/86.

O Engenheiro Industrial é um profissional de nível superior com formação e capacitação que o habilitam à supervisão de setores especializados da indústria e encargos normais de produção industrial, caracterizado por uma formação predominantemente prática, necessária à condução de processos industriais, gerência ou supervisão das indústrias, direção de aplicação de mão-de-obra, técnicas de utilização e manutenção de equipamentos; enfim, às atividades normais ou de rotina das indústrias.

A ênfase Eletrotécnica possibilita ao diplomado o engajamento a atividades relacionadas com geração, transmissão, distribuição e utilização de energia elétrica; sistemas de potência; máquinas e equipamentos elétricos, instalações elétricas prediais e industriais; acionamentos industriais; fontes alternativas de energia; sistemas de medição e controle elétrico e serviços.